Publicidade Venus Creations

 

 

Versão Original
(Abre numa nova janela)

English Version

Version Française

 

SOBRE AS ELEIÇÔES FEDERAIS DE 2019

QUARTA FEIRA 2 DE OUTUBRO DE 2019  

No Canadá a caça aos votos abriu

Por Avelino Teixeira

A Quadragésima Terceira eleição federal acontecerá no dia 21 de ourubro de 2019.

Na passada terça feira dia 10 de setembro Justin Trudeau acompanhado por sua esposa Sophi Gregoire Trudeau foi ao Ridau Hall pedir à Governadora Geral Julie Payette que desfizesse o parlamento para que pudesse ser aberta a campanha para as eleições federais de 2019.

Agora os caçadores estão em plena caça, quase que não perdiam tempo, pois alguns deles, parecendo que não, já estavam em mote de campanha há muito tempo,alias fazem-no a tempo inteiro pois não “perdem uma pitada”. E então lá andam eles a argumentar e a propor às suas vítimas o que pretendem fazer. Algumas deixam-se cair na malha, outras relutantemente vão meditando no que lhes foi dito.

São quatro caçadores: Jagmeet Singh pelo partido NDP (novos democratas), supostamente o partido dos trabalhadores, Elizabeth May líder do Partido Verde (green party), Andrew James Sheer pelos conservadores, e peleo Bloque Québécois Yves-François Blanchet. Segundo as regras estabelecidas pelo departamento “Ellections Canada”, estes partidos podem receber comparticipações monetárias individuais de apenas mil e seiscentos dólares, enquanto que os candidatos podem,eles próprios, financiar a sua campanha com cinco mil dólares.

Mas então afinal em quem vamos votar? Os democratas dificilmente poderão ganhar, segundo informações via rádio, imprensa e televisão eles apenas poderão, se o conseguirem, manter o número atual de representantes na Casa dos Comuns. É muito possível que a desvantagem deles se fique a dever à desgovernação de Bob Rae quando foi Primeiro Ministro da Província do Ontàrio, bem como à sua desintegração do partido NDP indo juntar-se às fileiras do Partido liberal.
O partido Verde, liderado por Elizabeth May que afirma que os seus representantes podem reabrir a discussão sobre o aborto como plataforma de campanha, está a ganhar terreno mas infelizmente não conseguirá ser eleito. É muito possível que consiga garantir mais algum assento no parlamento. Oxalá!br> O Partido Conservador,neste momento, está praticamente par-a-par com o Partido Liberal e, como se sabe poderá ser eleito. Mas será que valerá a pena votar neste partido tendo em conta o que ele fez provincialmente quando liderado por Mike Harris reduziiu o número de camas hospitalares, despedindo enfermeiros e enfermeiras levando-os a ir trabalhar nos Estados Unidos da América, e a desgostar médicos que procederam da mesma forma?! E federalmente quando liderado por Stephen Harper ?! Tendo ainda em conta o caso mais recente da eleição provincial em que foi eleito Dough Ford. Os ontrianos estavam cansados de Cathleen Winn e acreditaram que era necessário mudar a governance. E mudaram, mas agora estão arrependidos porque a única coisa bem feita que este governo fez, até agora, foi reduzir o número de concelheiros na Câmara Municipal que estava sendo demasiadamente grande e espendioso; desastroso talvez seja o termo mais apropriado porque alguns destes concelheiros depois de serem leitos nunca mais visitam os seus constituintes para se indagarem das suas preocupações e necessidades. Mas há escepções e essas são fantásticas e vale a pena apoiá-las. O resto é como na gária se diz “só se lemram de Santa Bárbara quando faz trovões”.

Outro procedimento do governo de Dough Ford que deixou toda a gente preocupada e até alarmada foi o corte do orçamento para as escolas reduzindo o número de professors e aumentando o número de alunos por classe dificultando o professorado. As cresches também foram afetadas e mais recentemente foi o apoio ao chamado “Legal Aid” que envolve o providenciamento de advogados pagos pelo governo para defender causas que envolvem os mais pobres que têm necessidade de recorrer aos tribunais. O referido orçamento foi reduzido em 30% correspondendo a 133 milhões de dólares para o ano fiscal em curso. Os juízes afirmam que tal corte cria um impacto desastroso no acesso à justiça de muito ontarianos que terão de se representarem por eles próprios. Segundo esses mesmos juízes e até o chefe deles esse procedimento custará ao governo mais dinheiro.

As atitudes dos governos conservadores vão repercutir-se na campanha do partido conservador liderado por Andrew Sheer, e obrigam-no a pensar e a agir cautelosamente durante as suas intervenções. Além disso, existem líderes das Primeiras Nações nomeadamente Perry Bellegarde que sugerem que Andrew Sheer se distancie das políticas de Stephen Harper quando este tentou aproximar-se dos povos indígenas canadianos que os levaram à consternação e à criação do movimento denominado “idle no more” que se veio a acentuar entre 2012 e 2013. Então se levarmos tudo isto em conta, vamos perceber que se calhar “mudar de moleiro não nos vamos mudra de ladrão”.
Então que fazer? Em quem votar? Em Justin Trudeau? Será que desta vez ele vai agradar a “gregos e troianos” com as suas “sunny ways!”? Quem sabe? Ele continua a ser crucificado com o caso da SNC Lavalim. A última revelação do seu comportamento, talvez com boas intenções, veio a lume mesmo antes dele anunciar a abertura da campanha. Certamente que ele se vai valer de algumas coisas boas que o seu governo instituiu como foi o caso do apoio às crianças pobres aumentando o abono familiar, e à enorme criação de postos de trabalho. Mas dizem os peritos na matéria que é muito raro uma campanha eleitoral se iniciar com tantas dúvidas sobre os candidatos, e tanta indecisão da parte dos eleitores. Vamos então aguardar par aver quem vai tomar conta do nosso destino. Que Deus nos valha!!!

 

Clique aqui para ler mais notícias

Contactos - Política de Privacidade - Termos de Utilização
© Venus Creations. Todos os Direitos Reservados.